A importância das atualizações de Apps (Aplicativos de Celular)

Os aplicativos são a forma mais moderna de comunicação digital entre pessoas e entre clientes e empresas. As grandes marcas em todos os segmentos já possuem suas versões app para a comercialização de produtos.

E podemos perceber como os app muitas vezes superam em qualidade as versões web de muitas empresas, por conta das suas características principais:

  • São mais simples de desenvolver e gerir atualizações.
  • Basta instalar para usar sem precisar acessar navegador e link.
  • São produzidos já no formato mobile (smartphones), ao contrário dos sistemas produzidos para acesso pela web, que precisam de uma versão mobile que muitas vezes perde funcionalidade e alguns recursos originais.
  • O uso é mais simples e mais intuitivo.

Esses pequenos programas (aos olhos dos usuários, claro) ganharam a preferência dos usuários sobre as demais formas de relacionamento com uma marca, e a tendência é que esta popularidade só aumente ao longo dos próximos anos.

A importância das atualizações de Apps (Aplicativos de Celular)

Sabemos que muitas atualizações aumentam o espaço usado pelo aplicativo para funcionar no aparelho. E a grande maioria inicia com o aparelho ou roda em segundo plano, o que sobrecarrega o sistema operacional.

Os resultados são, ao longo do tempo, comprometer a performance, provocando lentidão e reduzir espaço que pode ser usado por programais mais importantes.

Mas em meio a tantos ícones na área de trabalho do smartphone, apontando para aplicativos das mais variadas finalidades, fica uma pergunta: precisamos atualizar as versões deles?

Teremos algum prejuízo de uso se mantivermos a versão atual? São perguntas sem uma resposta fechada a respeito, dependerão de algumas variáveis que vamos falar mais a respeito neste artigo.

A importância estratégica do aplicativo para as atualizações

Um primeiro aspecto que devemos avaliar é a importância do aplicativo para o funcionamento do aparelho e dos sistemas dele com qualidade.

Os antivírus e anti-spywares são o melhor exemplo; estarem atualizados é fundamental para que forneçam a melhor proteção possível ao aparelho. Se trabalharem em versões antigas, podem ser atingidos por ameaças que a versão mais recente já está preparada para combater.

Outros aplicativos que merecem a atualização constante são os de grandes marcas como o Whatsapp, o Office e o Adobe Reader, que são utilitários fundamentais para o dia a dia e sempre fornecem novas funcionalidades, novidades de desempenho e resoluções de brechas de segurança.

Numa terceira escala, estão os aplicativos que podemos decidir rodar com versões que não sejam as mais recentes: basicamente aqueles que decidimos instalar para atender objetivos específicos e manter a versão atual não vai prejudicar o uso.

Conheça a nova versão antes de atualizar o aplicativo

Uma recomendação é sempre ler o conteúdo das atualizações que a nova versão informa, antes de instalar. Assim é possível verificar se elas trazem algum benefício para o seu uso pessoal ou profissional e, se for o caso, não atualizar.

Dificilmente olharemos os detalhes da mais nova atualização do Whatsapp, por exemplo. É um aplicativo de ponta, consolidado e que traz uma imagem de profissionalismo que praticamente o isenta de versões ruins.

Mas é importante ler as notas da versão dos demais programas conhecer as novas funcionalidades e decidir se elas compensam. As versões beta dos aplicativos ajudam bastante os usuários, pois eles podem retornar à versão anterior (o downgrade) sem prejuízo do que você já usava.

Através dessas atualizações você pode realizar novas façanhas em seu celular, saiba mais sobre essas novidades tecnológicas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *